EU VOS AMO! VÓS SOIS A MINHA VIDA.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Reflexão sobre o Pai Nosso


Não digas «pai», se a cada dia não te comportas como um filho.
Não digas «nosso», se vives isolado no teu egoísmo.
Não digas «que estais nos céus», se só pensas nas coisas terrenas.
Não digas «santificado seja o vosso nome», se não o honras.
Não digas «venha a nós o vosso Reino», se o confundes com coisas materiais.
Não digas «seja feita a vossa vontade», se não a aceitas quando é dolorosa.
Não digas «o pão nosso de cada dia», se não te preocupas com quem passa fome.
Não digas «perdoai-nos as nossas ofensas», se manténs rancor contra o teu irmão.
Não digas «livrai-nos do mal», se não tomas posição contra o mal.
Não digas «ámen», se não compreendeste nem levaste a sério a palavra do Pai-nosso.

Fonte: Retalhos da Vida de um Padre
Obrigada Frei Filipe

2 comentários:

Graça Pereira disse...

O mais dificil do Pai Nosso é dizer-Lhe: Seja feita a Tua vontade!
Mas é nesta frase que se resume toda a essência do PAI-NOSSO... é quando aceitamos que somos filhos e Ele o Pai que sabe melhor do que nós o que precisamos...É preciso coragem e amor para Lhe dizer: Sim, aceito a Tua vontade!
Graça(catequista)

Maria disse...

Obrigada pela sua visita, amiga Graça.
De facto aquilo que rezamos no Pai Nosso, é muito mais difícil colocar na vida do dia a dia.
Beijinhos
Maria



















de