EU VOS AMO! VÓS SOIS A MINHA VIDA.

sexta-feira, 23 de Julho de 2010

“Sede santos, como o Pai do Céu.”


Em que livro poderíamos aprender melhor a ciência dos Santos (que é a ciência de amar a Deus) do que em Jesus Crucificado? O grande servo de Deus, Frei Bernardo de Corleone, capuchinho, não sabendo ler, queriam seus confrades ensinar-lhe. Ele, porém, foi primeiro aconselhar-se com seu Crucifixo e Jesus respondeu-lhe da Cruz:

“Que livro! Que ler! Eu sou o teu Livro, no qual poderás sempre ler o amor que eu te consagro!”

Visitando uma vez Santo Tomás de Aquino a São Boaventura, perguntou-lhe de que livro se havia servido para escrever tão belas coisas que havia publicado. São Boaventura mostrou-lhe a imagem de Jesus Crucificado, toda enegrecida pelos muitos ósculos que lhe imprimira, dizendo-lhe:

“Eis o meu livro de meditação, onde tiro tudo o que escrevo; Ele ensinou-me o que eu sei”.

Eis, portanto, o livro, Jesus Crucificado, que, se for constantemente lido por nós, também nós aprenderemos de um lado, a temer o pecado e de outro nos abrasaremos em amor por um Deus tão amante, lendo em suas chagas a malícia do pecado que reduziu um Deus a sofrer uma morte tão amarga para por nós satisfazer a justiça divina e o amor que nos manifestou o Salvador, querendo sofrer tanto para nos fazer compreender o quanto nos amava.

(A Paixão de NSJC – Vol. 1 — Santo Afonso Maria de Ligório
N.B.: Sigamos o proceder dos Santos, como acima explicitado, e seremos também santos, como devemos ser, eis porque Nosso Senhor disse: “Toma a tua cruz e siga-me.”

Sem comentários: